Poço Encantado

Poço Encantado em Itaetê e Poço Azul em Nova Redenção

Hoje saímos de Mucugê com destino a Itaetê para fotografar o Poço Encantado. O poço, que é uma das maiores atrações da Chapada, fica ainda mais bonito nessa época do ano, quando um raio de luz entra pela boca da caverna, deixando o poço ainda mais azul. Mas amanheceu nublado e ficamos sem saber o que fazer. Passamos em Igatu, onde conhecemos o Guia Chiquinho, o que guia que descobriu a Cachoeira dos Cristais, e ficamos conversando um pouco com ele que, sem dúvida, é um personagem folclórico da região.

O dia estava naquele lusco-fusco, mas resolvemos arriscar. O caminho até o poço é demorado, pois a estrada (de asfalto!) tem tantos buracos que é impossível andar em velocidades superiores a 40 km/h. É a pior estrada da região! Nem as de terra são tão ruins! Como demoramos a chegar, o sol apareceu no meio do caminho e nos brindou com um espetáculo dentro da caverna! Não chegamos na melhor hora, mas mesmo assim ficamos horas lá dentro fotografando!

Dali, pegamos a estrada novamente e seguimos para o Poço Azul, outro poço semelhante, onde também entra um raio de luz nessa época do ano, mas com o diferencial de que é possível tomar banho na escuridão. Chegamos tarde e ficamos sem saber se valia a pena uma visita. Um menino veio nos buscar de barco para atravessarmos o rio e com a lábia que só o povo daqui tem conseguiu nos convencer a ir tomar um banho e voltar amanhã para fotografar. E foi isso que fizemos.

Na volta, Juraci, o barqueiro, nos aconselhou a acampar ali mesmo, ao lado do rio. O menino era realmente bom de conversa! Como não estávamos com vontade de pegar aquela estrada esburacada de novo, nem pensamos duas vezes e armamos a barraca. Nosso primeiro dia de camping foi maravilhoso: à beira do rio Paraguaçu, com um céu estrelado e com direito a muitas estrelas cadentes e um banho de rio maravilhoso no outro dia de manhã.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
EnglishPortuguese